Anticorpos Neutralizantes para Covid-19. Conheça o novo teste!

Tempo de leitura: 1 minuto

O SARSCOV-2, vírus que causa a doença Covid-19, se multiplica muito rápido em nosso organismo. Mas para que isso ocorra, ele tem que entrar em nossas células, onde “sequestra” o “maquinário celular”, que passa a trabalhar só para que ele se reproduza.

A proteína S (Spike) do vírus é a chave que “abre” a célula humana, ao interagir com o receptor ACE2 (enzima conversora de angiotensina), na membrana celular.

Uma vez que o vírus tenha entrado nas nossas células, pouco tempo depois ele produzirá milhares de cópias de si mesmo, multiplicando a carga viral no nosso organismo e a transmissibilidade para outras pessoas.

Para combater esse veloz e poderoso inimigo, o sistema imunológico humoral do nosso corpo produz diversos anticorpos. Um dos mais importantes é aquele que impede a entrada do vírus em nossas células, neutralizando assim sua elevada reprodução.

Esses anticorpos são chamados de anticorpos neutralizantes, pois se ligam na proteína S do vírus antes que ela possa se ligar no receptor ACE2 das nossas células, impedindo-o de entrar nas mesmas e se reproduzir.

Muitas pessoas que já pegaram a Covid-19 ou foram vacinadas querem saber se adquiriram imunidade. O teste de anticorpos neutralizantes pode dar uma boa noção de como andam suas defesas, pois detectam exatamente esse tipo de anticorpo, que conforme o nível no sangue confere maior ou menor imunidade.

Mas tem duas coisas que você precisa saber.

Primeira: Quem já foi vacinado ou teve a infecção natural, mesmo com anticorpos neutralizantes altos, não está livre da doença.

Segunda: não se sabe, ainda, quanto tempo os anticorpos neutralizantes ficam na circulação.

Por isso, não abaixe a guarda. Se proteja. Mesmo já tendo tomado a vacina e com níveis altos de anticorpos neutralizantes, continue usando máscara, higienizando bem as mãos, mantendo distanciamento, evitando aglomerações e não tocando os olhos com as mãos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *