Por que o isolamento social é a melhor forma de combater o coronavírus?

Tempo de leitura: 1 minuto

Uma pandemia que fez o mundo parar! 

 

O novo coronavírus foi motivo de alerta pela Organização Mundial da Saúde em 31 de dezembro de 2019 após vários casos de pneumonia na cidade de Whuan, uma metrópole chinesa. Ainda não há a confirmação sobre como se deu a primeira transmissão do novo coronavírus. 

 

A partir daí vários outros países foram atingidos pelo surto da doença que causa sintomas semelhantes aos de um resfriado, como febre, coriza, tosse, falta de ar, dentre outros. A transmissão da doença entre humanos se dá através de contato direto com secreções quando a pessoa infectada tosse ou espirra, e contato com superfícies contaminadas. 

 

O isolamento social foi adotado na China o que contribuiu de forma significativa para que a doença fosse controlada. Já no caso da Itália, que retardou tomar a decisão para a quarentena, está com o sistema de saúde sobrecarregado, o que resultou em um número absurdo de mortes no país. 

 

O isolamento social é importante para combater a propagação do vírus porque uma única pessoa infectada pode contaminar diversas outras, inclusive pessoas que estão em grupos de risco, como: 

 

– Idosos; 

– Pessoas com doenças respiratórias crônicas; 

– Hipertensos, diabéticos e pessoas com insuficiência cardíaca; 

 

Agora, mais do que nunca é essencial pensar de forma coletiva e proteger os mais vulneráveis a contrair a doença. Ficar em casa pode salvar vidas! 

 

Para os que necessitam realizar exames mesmo em período de quarentena, nós disponibilizamos o nosso serviço de coleta domiciliar, que pode ser agendado através do WhatsApp (86) 99500-9579 ou telefone (86) 3215-8585. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *