Você sabe quais são os cuidados necessários para a saúde do pé diabético?

Tempo de leitura: 2 minutos

Quando o tratamento da diabetes não acontece da maneira adequada, algumas alterações podem surgir, como o pé diabético. Contudo, com as orientações corretas, a prevenção e o tratamento adequado, é possível contornar os efeitos adversos da doença, tais como ferimentos, dores, cortes e infecções. O controle dos níveis de açúcar no sangue é uma das medidas eficazes para a prevenção do pé diabético. Continue lendo este texto e saiba mais sobre a importância dos cuidados com a saúde do pé diabético. 

 

Afinal, o que é o pé diabético 

As complicações do pé diabético surgem em pessoas que convivem com a diabetes. O pé diabético recebe 3 classificações: neuropático, vascular e misto. De acordo com a Organização Mundial da Saúde, a definição de pé diabético é: “situação de infecção, ulceração ou também destruição dos tecidos profundos dos pés, associadas a anormalidades neurológicas e vários graus de doença vascular periférica, nos membros inferiores de pacientes com diabetes mellitus.” Ou seja, tal complicação é gerada pelo diabete mellitus e manter a saúde do pé diabético é fundamental para garantir uma vida mais saudável. 

  

O que a pessoa sente? 

As complicações do pé diabético, falta de cuidado, corte ou machucado podem gerar: 

  • Dor; 
  • Formigamento; 
  • Redução da sensibilidade; 
  • Dormência; 
  • Pele ressecada; 
  • Imunidade baixa. 

 

O que surge e o que pode surgir no pé diabético? 
  • Vermelhidão; 
  • Feridas; 
  • Micoses; 
  • Demora na cicatrização; 
  • Infecções; 
  • Ferimentos. 

 

Como prevenir o surgimento de complicações no pé diabético? 

De acordo com a publicação Manual do Pé Diabético, as complicações do pé diabético são responsáveis por 40% a 70% do total de amputações não traumáticas de membros inferiores na população geral. Então, confira alguns cuidados importantes para prevenir futuras complicações do pé diabético: 

  • Faça exames com frequência; 
  • Não ande descalço; 
  • Mantenha sob controle as taxas glicêmicas; 
  • Pare de fumar; 
  • Faça a higienização adequada; 
  • Controle a pressão arterial; 
  • Mantenha a pele hidratada, mas não hidrate entre os dedos; 
  • Opte por calçados confortáveis e limpos; 
  • Mantenha as unhas com corte reto;  
  • Evite cortar calos; 
  • Não use meias apertadas; 
  • Mantenha seca a região entre os dedos; 
  • Use meias limpas; 
  • Examine o seu pé diariamente; 
  • Siga uma rotina de alimentação saudável. 

 

Em casos mais graves, pode ser necessária a realização da amputação, porém tal medida é evitável, caso as medidas preventivas sejam seguidas. Em caso de ferimentos, dores ou inchaço, não adie uma visita ao seu médico ou a um hospital, mantenha a saúde do seu pé diabético.  

E você? Tem mais alguma dúvida sobre o assunto? Deixe o seu comentário!