A importância do Teste do Pezinho para a saúde do bebê

Tempo de leitura: 2 minutos

Toda mãe e pai deseja que seu bebê cresça cheio de saúde. Uma das maneiras de demonstrar cuidado com a saúde dos recém-nascidos é fazer o Teste do Pezinho. A importância do Teste consiste na identificação de doenças graves de origem genética, infecciosa e metabólica, prejudiciais para a saúde do bebê. Confira mais informações sobre o Teste do Pezinho!

 

O Teste do Pezinho

Sendo oferecido, no Brasil, de forma gratuita e obrigatória desde 1992, o Teste do Pezinho é feito após as primeiras 48 horas de vida do bebê em maternidades ou postos de saúde, os resultados podem ser comprometidos caso o Teste seja feito antes do período de 48 horas.

Em algumas cidades brasileiras os pais são impossibilitados de fazer o registro do bebê se ele não tiver feito o Teste.

O Teste do Pezinho é feito por meio de uma amostra de sangue do calcanhar do bebê, região cheia de vasos sanguíneos, o resultado é entregue, normalmente, no prazo de 10 dias.

O Teste do Pezinho é disponibilizado em quatro categorias: básico, avançado, plus e master. O Teste Básico é ofertado gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e detecta seis doenças que não apresentam sintomas no nascimento, são elas:

  • fenilcetonúria = acúmulo do aminoácido fenilalanina;
  • hipotireoidismo congênito = produção insuficiente do hormônio da tireoide;
  • fibrose cística = doença crônica que provoca danos nos pulmões e no sistema digestivo,
  • anemia falciforme = distúrbio nos glóbulos vermelhos;
  • hiperplasia adrenal congênita = alteração no funcionamento das glândulas suprarrenais
  • deficiência de biotinidase = não produção da enzima biotinidase.

Os testes avançados, plus e master detectam mais doenças, contudo, não são ofertados pela rede pública de saúde. Os pais podem realizá-los em laboratórios e clínicas particulares.

 

O Teste do Pezinho é importante por causa da identificação de doenças antes mesmo da apresentação dos sintomas. Dessa maneira, caso alguma doença seja identificada, o bebê pode ser tratado quanto antes, evitando, assim, maiores complicações.

Observação: lembre-se de pegar o resultado do Teste.

 

Proteja o seu bebê, realize o Teste do Pezinho! Conscientize os seus amigos sobre a importância do Teste do Pezinho! Compartilhe o texto nas suas redes sociais!